2 Lição – Tecido Adiposo

Uma forma individualizada de tecido conjuntivo, onde se encontram os adipócitos, que são as células de gordura. Gotículas de lipídios são encontradas no citoplasma dos adipócitos.

O tecido adiposo auxilia no isolamento térmico do organismo, e tem como função também servir como depósito de energia. Os triglicerídeos acumulados nos adipócitos fornecem energia no intervalo das refeições. Os triglicerídeos são lipídeos compostos por três cadeias de ácidos graxos, esterificados em uma molécula de glicerol.

A principal função do armazenamento de gordura é reservar energia do organismo, ajudar a manter a temperatura do corpo, e se posicionar entre a pele e os órgãos internos para proteger contra choques mecânicos.

O tecido adiposo corresponde a 20-25% do peso corporal nas mulheres e 15-20% nos homens, ambos com peso normal.

Tecido Adiposo Unilocular e Multilocular

Existem dois tipos de tecido adiposo: tecido adiposo unilocular (amarelo) e tecido adiposo multilocular (marrom).

O tecido adiposo marrom (multilocular) é encontrado durante o desenvolvimento fetal, e sua quantidade diminui após o nascimento, permanecendo em adultos apenas ao redor dos rins, da aorta e nas áreas do pescoço ou mediastino.

O tecido adiposo amarelo (unilocular) continua no adulto como tecido adiposo, por isso os tratamentos geralmente são feitos neste tecido.

tecido adiposo

Lipogênese

A lipogênese é a formação da gordura. É a síntese de triglicerídeos e ácidos graxos, que serão armazenados no fígado e no tecido adiposo.

Quando ingerimos carboidratos, estes se transformam em glicose, que entra depois na corrente sanguínea. Quando o acúmulo de glicose no sangue ultrapassa o limite máximo, seu excesso é eliminado pelo fígado, que o guarda em seu interior na forma de glicogênio.

Ao ingerir glicose, a concentração de glicogênio aumenta dentro do fígado. O glicogênio quando em excesso, é quebrado pelo fígado, tendo seus restos eliminados no sangue. Com isso, a concentração de ácidos graxos será aumentada na corrente sanguínea.

Lipólise   

A lipólise é a quebra de gordura, o processo contrário da lipogênese.

Quando a concentração de glicose no sangue estiver abaixo do normal, ele recebe glicose do fígado consequente da quebra do glicogênio. Para manter seu nível de glicogênio normal, o fígado retira ácidos graxos do sangue, alterando-os para glicogênio.

Após ter os ácidos graxos eliminados pelo fígado, quando o sangue chega até a pele, ela quebra a gordura guardada em suas células de gordura (adipócitos) e a coloca no sangue com a forma de ácidos graxos.

Alguns fatores que influenciam a lipólise a lipogênese são:

-Gasto Energético
-Fatores Hormonais
-Ingestão de Calorias
-Fatores Psicológicos
-Hereditariedade